sábado, 27 de setembro de 2008

Só as mães são felizes

Você nunca sonhou
Ser currada por animais
Nem transou com cadáveres?
Nunca traiu teu melhor amigo
Nem quis comer a tua mãe?
(Cazuza/Frejat- Só as mães são felizes)

Esta música lançada por Cazuza em 1985 - quando já seguia carreira solo - feita em parceria com seu amigo Roberto Frejat, é uma das minhas preferidas do cantor. Talvez ela me encante por não ser de fácil entendimento, ou seja, o entendimento da mensagem passada pela música não é captada na primeira vez em que a ouvimos. Até mesmo o autor deste blog custou a entender a mensagem transmitida por ela.

Mas o fato é que, ao meu ver, o compositor diz que as mães são felizes pelo fato de não estarem expostas aos mesmos perigos que seus filhos (de levar uma vida ´´porra louca´´, usar drogas, etc) justamente pelo fato de serem mais maduras do que seus rebentos.

Além disso, com o passar do tempo, percebemos (alguns não percebem, mas isso não vem ao caso) que nossas mães são as melhores mulheres que aparecem em nossas vidas, que nos compreendem, nos aceitam e nos apoiam nas maiorias de nossas decisões. Certo que existem namoradas(os) e esposas(os) que amam muito seus maridos ou esposas, mas nada se compara ao amor materno. Muitas mães se preocupam até mesmo com o rumo que o casamento de seus filhos irá seguir.

E a conclusão deste post é a seguinte: mesmo com os diversos erros ou acertos que seus filhos cometam, a maioria das mães (não digo todas, pois sempre há exceções) direcionarão todo o seu amor à eles.

P.S.: Quero dedicar este post à minha mãe que, com a morte precoce do meu pai, foi minha mãe e meu pai ao mesmo tempo.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

E foi para o Top Five!

Conforme escrevi no último post (abaixo) - que falava sobre a ´´intromissão´´ de dois homens na transmissão ao vivo da CNN que dava ênfase à crise de um banco nos Estados Unidos - o blogueiro e apresentador Marcelo Tas cogitava o aparecimento desse vídeo no Top Five do programa Custe o Que Custar (CQC) da TV Bandeirantes, do qual ele é apresentador. E aconteceu. A ´´trágica´´ transmissão ao vivo, que contou com a ´´participação especial´´ dos dois homens que ´´namoraram´´ perante à câmera da emissora americana, ganhou a segunda posição do Top Five.

Abaixo o vídeo com o Top Five exibido ontem ao vivo no CQC:

sábado, 20 de setembro de 2008

O desafio é... fazer um link ao vivo na TV!

Fazer uma entrada (ou um link) ao vivo na televisão é algo muito difícil. Exige muita concentração e boa memória do repórter, que não pode ler o texto enquanto sua imagem aparece em tempo real em muitos televisores.

Mas nada disso adianta se não houver colaboração das pessoas que atuarão como ´´figurantes´´ na transmissão ao vivo. E isso não é uma coisa que possa ser exigida pela equipe de TV e também não é algo que se consiga com tanta facilidade.

Certamente a equipe da emissora norte-americana CNN não teve nenhuma colaboração de pelo menos dois homens que estavam atrás do repórter durante a transmissão que falava sobre a crise de um banco nos Estados Unidos.

Descobri este vídeo através do Blog do Tas (http://marcelotas.blog.uol.com.br/), que não descarta a ´´ida´´ dessa transmissão ao vivo para o Top Five do CQC.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Superação Rio 2008


No próximo dia 21 de setembro, na orla de Copabacana, no Rio de Janeiro, acontece uma passeata que pretende reunir deficientes e também pessoas que se identificam com essa causa. Trata-se do Superação Rio 2008.

Esta informação chegou à mim através do blog do jornalista Jairo Marques, o ´´Assim Como Você´´,que pediu para os leitores divulgarem o evento.

Para quem quiser saber mais informações sobre o Superação Rio 2008, é só acessar o blog do Jairo (http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/).

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Paraolimpíadas 2008

Neste post, vou publicar o texto escrito pelo meu amigo e jornalista Luis Daniel, que fala, entre outras coisas, do pouco espaço que os jogos paraolímpicos têm na TV aberta. Esse texto foi publicado ontem no blog dele, o Reflexão Sobre Rodas (http://www.reflexaosobrerodas.blogspot.com/).

Paraolimpíadas X Olimpíadas

Por Luis Daniel

Você sabe quantas medalhas o Brasil já conquistou nas Paraolimpíadas de Pequim? Não? Foram 16, sendo oito somente de ouro, mais quatro de prata e o mesmo número de bronze. E vem mais medalha por aí, com a natação, atletismo e outros.

Como era de se esperar, por mim, um desempenho muito superior ao desempenho da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos no mês passado.

Não há nenhum canal de TV aberta transmitindo o evento, onde um vice-campeão olímpico de uma das competições da natação não tem os dois braços.

O ufanismo dos jogos de agosto é muito grande, devido ao alto investimento que a mídia, no caso deste ano, Bandeirantes e Globo, faz para trazer as imagens para cá. O investimento publicitário, por causa disso também é enorme.

Mas para que gastar milhões de reais em um e evento que dá ao Brasil apenas três medalhas douradas? Tenho muitas restrições, mas muitas mesmo, ao Galvão Bueno, mas ele, em um de seus ataques histéricos, disse que falta um projeto olímpico para o Brasil, e ele está certo. Para um dia o nosso país ser uma potência precisa-se de uma infra-estrutura que está longe de haver por aqui.

Torço muito, para que um dia, e este é o papel deste blog também, o esporte paraolímpico brasileira tenha o mesmo espaço na mídia.


OBS: O Brasil já conquistou mais medalhas nas Paraolimpíadas.

domingo, 7 de setembro de 2008

Paraolimpíadas 2008

Pessoal, para quem quiser saber informações sobre os jogos paraolímpicos, pode acessar o blog do Paulo Vitor no site LANCENET!.

Link:

http://www.lancenet.com.br/blogs_colunistas/paulovitor/default.asp

sábado, 6 de setembro de 2008

Descoberta nova doença

Cientistas descobriram uma nova doença bem característica dos tempos modernos. Trata-se da falta de idéias. Ela pode atingir várias pessoas, mas geralmente costumam vitimar os proprietários de blogs espalhados pela Internet.

Muitos são os fatores que podem desencadear tal moléstia, entre eles, a preguiça, que se torna mais intensa quando a pessoa se encontra parada, sentada em frente ao computador, em pleno sábado, esperando que alguma idéia venha à sua mente. O que causa isso? Bem, os cientistas ainda não sabem, mas suspeitam que a correria do dia-a-dia, que provoca a falta de tempo, faz com que as pessoas tenham cada vez menos tempo de acompanhar os acontecimentos que ocorrem ao seu redor.

Para comprovar a existência desta doença, estes mesmos cientistas reuniram um grupo de dez voluntários e aplicaram à eles um teste, onde cada ´´cobaia´´ deveria ter uma idéia em menos de dez minutos. Entre os voluntários, estava o estudante Rodrigo Almeida, que foi o último a ser avaliado. Após ficar em frente ao computador por mais de meia hora, nenhuma idéia veio à sua mente. Ficou então comprovada a existência da doença da falta de idéias.

Médicos e cientistas do mundo inteiro devem se reunir na próxima semana para discutir sobre a nova descoberta do mundo científico.