quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Novo em folha

Recentemente, o SESC de São José dos Campos reabriu logo após realizar uma reforma e, na semana passada, ocorreu um show com o cantor e compositor Roberto Frejat. O show foi muito bom.

Ao chegar lá, descobri que não havia lugar especial para deficientes, mas o problema foi logo resolvido: eu e o meu amigo Fábio (que também é cadeirante, leitor deste blog e que me sugeriu que eu escrevesse este post) ficamos numa espécie de ´´varandinha´´, que fica localizada na parte de cima do ginásio do SESC. O lugar escolhido para nós, ao meu ver, foi bom, pois deu para nós termos uma boa visão do palco, sem contar que era mais seguro permanecer ali. Outro ponto que quero destacar também são os funcionários do SESC, que foram muito solícitos comigo e me auxiliaram em alguns momentos.

Mas pelo pouco que pude ver da nova sede da instituição, percebi que ela é acessível aos portadores de deficiência: possui elevador, rampas, etc.

Mudando um pouco de assunto, vocês já devem ter visto aqui no blog que eu gosto muito de dois compositores que, juntos, compuseram grandes músicas para o rock nacional que são conhecidas até hoje. Trata-se de Cazuza e Frejat. Por isso, fiz questão de ir ao show do Roberto Frejat. E foi muito bom. Logo após o show, tive a oportunidade de tirar uma foto ao lado dele e que está logo abaixo (sim, eu vou dar as caras). Frejat foi muito simpático não só comigo, mas com todos que o aguardavam para tirar uma foto.





Mudando mais uma vez de assunto (última vez, juro), em janeiro serei submetido à uma cirurgia na coluna. Então eu não sei por quanto ficarei sem atualizar o blog, mas tentarei dar sinais de vida assim quando for possível.

Por isso, quero desejar a vocês, leitores deste blog, um feliz Natal e um ótimo 2009, e que, no ano que vem, nós possamos continuar juntos.

Abraço a todos.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Futebol

Foto: Google Imagens

Nunca escrevi sobre futebol aqui no blog, mas como hoje acontece a última rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, resolvi fazer isso.

No estádio do Bezerrão, em Gama/DF, o São Paulo pode conquistar o hexacampeonato se vencer o Goiás no jogo que acontece daqui a pouco, às 17h.

Mas, por outro lado, apesar do favoritismo do tricolor paulista, o Grêmio também pode ser campeão, caso ele vença a partida contra o Atlético Mineiro (que também acontece às 17h) e o São Paulo perca para o Goiás.

Não sei se vocês sabem, mas eu sou palmeirense. Por isso, me vejo na situação de ter que acompanhar três jogos simultaneamente- Palmeiras X Botafogo, São Paulo X Goiás, Grêmio X Atlético Mineiro.

Você deve estar pensando ´´Esse post não tem utilidade´´. Para falar a verdade, não tem muita mesmo. Serviu apenas para eu escrever sobre o meu esporte preferido, que me faz vibrar desde quando eu era pequeno.

Que o Palmeiras consiga entrar na Libertadores e - o mais importante - que a PAZ prevaleça no futebol.

domingo, 30 de novembro de 2008

Cilada


Não, não estou me referindo ao seriado protagonizado pelo Bruno Mazzeo no Multishow (e que eu adoro, aliás). Mas, para muita gente, andar de elevador é uma cilada.

Quando a porta se fecha e o cubículo começa a se mover, muitas pessoas passam por momentos de agonia no decorrer da ´´viagem´´.

Nunca tive e - convenhamos - nem posso ter medo de andar de elevador. Ele é um dos principais meios de locomoção para um deficiente em prédios. E, na minha vida, há um detalhe em particular: eu moro no SEXTO andar de um prédio. Resumindo: as viagens de elevador são praticamente diárias.

Entrei para a faculdade de jornalismo em 2007. Quando cheguei lá, percebi que a instituição onde estudo não estava preparada para receber portadores de deficiência. A universidade providenciou algumas adaptações ao longo do meu primeiro ano de curso, como por exemplo, reformou um dos banheiros, implantando barras de ferro e, o principal, construiu uma rampa, que me possibilita ir do primeiro andar para o térreo e vice-versa.

Mas o processo de adaptação na faculdade ainda não está concluído. Na instituição onde eu estudo, há dois prédios: um abriga as salas de aula, sala de informática, etc. O outro abriga os estúdios de fotografia, televisão e rádio, que auxiliam nas aulas práticas. O prédio onde se localizam os estúdios possui cerca de 4 andares. E justamente o objeto principal deste post é o que não existe nele: o elevador. Isso me impede de ter livre acesso ao estúdio de rádio e à parte técnica do estúdio de TV. Sem contar que atravessar a avenida para chegar à este prédio também é uma grande cilada.

Após várias conversas com a chefia do departamento (de comunicação social, onde eu estudo) e a mobilização dos meus colegas, que foi feita em forma de abaixo-assinado, a universidade prometeu à mim que o elevador estará instalado até o começo do ano que vem.

Veremos o que vai acontecer...

*Foto: Google Imagens

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Solidariedade aos catarinenses

O Rodas Antenadas se solidariza com a população de Santa Catarina, que vive maus momentos em virtude da chuva que há vários dias atinge o estado. Mais de 40 pessoas morreram e muitas famílias estão desabrigadas.

Particularmente falando, espero que essa situação chegue logo ao fim e que os habitantes do estado possam voltar à levar uma vida normal.

Que, em breve, o estado de Santa Catarina, onde tive a oportunidade de estar por duas vezes, deixe ser visto como um local onde ocorreu uma grande tragédia e volte a ser conhecido como o lugar das belas praias e belezas naturais.

Imagem de uma praia de Santa Catarina

*Foto: Santa Catarina Turismo (www.santacatarinaturismo.com.br)

SERVIÇO (nota publicada no site do governo do estado de São Paulo):

A pedido do Governo de Santa Catarina, o Governo do Estado de São Paulo começa a receber doações de água potável, para as vítimas da catástrofe provocada pelas chuvas naquele estado.

As contribuições - só de água potável - podem ser encaminhadas a todos os quartéis e postos de policiamento e do Corpo de Bombeiros. A lista completa dos postos no Estado está disponível no site www.polmil.sp.gov.br, no link Unidades PM.

O Fundo Social de Solidariedade também receberá as doações, de 2ª a 6ª feira, das 9 às 16 horas, na Avenida Marechal Mário Guedes, 301, no Jaguaré, São Paulo.

Fonte: Site do governo do estado de São Paulo (link: http://www.saopaulo.sp.gov.br/sis/lenoticia.php?id=100915&siteID=1)

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Passeata Movimento Superação em São Paulo


NOTA: post parcialmente copiado do Blog Assim Como Você (http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/), escrito pelo jornalista Jairo Marques.

Povo, agora falta bem pouco para a passeata do Movimento Superação, na avenida Paulista, em São Paulo. Menos de 15 dias. Será no sábado, 6 de dezembro.

“Falai”: onde que eu vô pra gente se encontrar?

A concentração será na praça Oswaldo Cruz, que fica em frente ao shopping Paulista, em São Paulo, a partir das 10h. Os metrôs mais próximos são: Brigadeiro e Paraíso. Haverá vans do Projeto Carona que levarão esse povo malacado da estação Paraíso até o ponto de encontro!

Vão rolar aquelas camisetas ‘buniiiitas’ pra mode eu comprar e quanto é que morre?

Você poderá comprar lá, na hora do evento. Haverá uma banquinha vendendo as camisetas, Cds do Movimento SuperAçãoe e Squeezes! Os modelos antigos de camiseta custarão R$15,00 cada. Os modelos novos ainda não tiveram o preço definido, mas vão ficar show , quem tiver curioso terá que esperar até 6 de dezembro pra ver e vestir! O Cd custará R$ 10 e R$ 5,00 o squeeze.

Para ouvir as músicas do Cd você pode acessar o My Space:
https://webmail.grupofolha.com.br/owa/redir.aspx?C=1b4407991ac440ae83cd2c957e5a0a3e&URL=http%3a%2f%2fwww.myspace.com%2fmovimentosuperacao

Tá, eu vou, mas o que vai ter lá?

Vão rolar alguns shows, pessoas iguais e diferentes vão se encontrar, trocar idéias, antes vamos ter uma ginástica pra aquecer com a professora Carolina Ignarra (cadeirante), o Billy (o cara que manda em todo mundo) abrirá a passeata, os músicos do Cd Movimento SuperAção apresenta tocarão (Billy, Tupã e Juliana Caldas) teremos na caminhada os shows das bandas Good Fellas, Triagem Auditiva (banda do Rapha) e Mutualista. E muitas outras coisas.

Mas, vem cá... ‘causo’ de quê eu devo ir?

Pra mostrar a cara, mostrar que é cidadão, que tem deficiência, sim, e nem por isso quer ficar trancado dentro de casa, que precisamos de acessibilidade nas ruas e calçadas, que precisamos de transporte público acessível, de banheiros acessíveis, de lojas acessíveis para podermos exercer nosso direito de ir e vir, porque somos tão consumidores quanto uma pessoa que não tem deficiência, porque somos seres humanos, estamos vivos, existimos e queremos ocupar nosso espaço na sociedade, estudando, trabalhando e passeando, como qualquer pessoa faz.

Só o povo da Matrix de quem tem alguma deficiência deve ir?

De jeito nenhum! Todas as diferenças devem se unir, senão não seria inclusão, né não? Você sabe que quando o Movimento SuperAção nasceu e até hoje é assim: a maioria dos voluntários não tinha e não tem deficiência. Todos estão convidados, sem distinção de cor, orientação sexual, idade, deficiências. É um dia pra comemorar as diferenças. Vamos lá na paz, mostrar que estamos aqui e temos uma realidade pra mudar.

Mas vai gastar muito os pneus?

Sairemos da praça Oswaldo Cruz e ‘caminharemos’ até o vão livre do MASP (Museu de Artes de São Paulo). Com as famosas "pirocas" na mão (são os batecos do SuperAção), como dragão no peito e muito sorriso no rosto.

Fonte: Blog ´´Assim Como Você´´ (http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/)

Obs.: o jornalista escreveu este post- intitulado ´´Um post para copiar´´- e pediu para que os leitores divulgassem o evento. Se eu conseguir, irei lá. E se vocês puderem, compareçam.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Rap aos 93

Como imaginamos uma senhora de 93 anos? É aquela que faz tricô e fica sentada na poltrona, com um cobertor nas pernas, assistindo televisão, certo? Errado. Pelo menos no caso da senhora Greta Segerson, que mora na cidade de Gotemburgo, na Suécia.

Para fugir de uma apresentação natalina para aposentados, Greta alegou que só sabia cantar rap. ´´Foi um erro, porque disseram sim´´, disse a rapper mais velha do mundo. Ela acabou se apresentando e, assim, começou a sua ´´carreira musical´´

No vídeo abaixo, que já virou um hit do Youtube, ela aparece cantando - em forma de rap - a música ´´Jolly Bob fran Aberdeen´´ (uma música de marinheiros local). O vídeo já teve mais de 30 mil acessos.

*Com informações do Yahoo! Notícias


terça-feira, 11 de novembro de 2008

Teleton 2008


Tentei falar sobre este assunto antes - mais especificamente enquanto ele estava ocorrendo - mas não tive tempo de postar aqui.

Acompanhei o Teleton deste ano, que foi tradicionalmente exibido pelo SBT, parcialmente, pois é um pouco difícil assisti-lo integralmente, já que o evento possui muitas horas de duração.

A maratona televisiva, que visa arrecadar dinheiro para a AACD, não foi muito diferente da apresentada nos anos anteriores, mas trouxe - pelo menos para mim - boas surpresas, como a participação ao vivo dos Paralamas do Sucesso (uma das minhas bandas preferidas, para quem não sabe), que tocou algumas músicas no palco do Auditório do Ibirapuera em São Paulo, local onde o evento foi realizado.
Mas o objetivo principal do Teleton felizmente foi alcançado: a meta de arrecadação, que era de pouco menos de R$ 18 milhões, ultrapassou a marca dos 19 milhões de reais.

O dinheiro arrecadado na campanha deste ano vai servir para a manutenção de todas as unidades da AACD e, também, servirá para diminuir às filas de espera por cirurgias na instituição.

Fiz a minha doação para a campanha pois, além de me identificar com ela, muitas vezes precisei ir à AACD, por causa dos aparelhos ortopédicos e adaptações para cadeira de rodas que são oferecidos pela instituição. Comecei a frequenta-la quando ainda era pequeno, em meados dos anos 90. A cada vez que eu retornei à AACD, pude testemunhar a sua modernização e o seu crescimento, que é proporcionado, em grande parte, pelas doações que são feitas para o Teleton.

É importante ressaltar que a AACD não atende apenas pessoas que já nasceram com algum tipo de deficiência. Ela também atende pessoas que se tornaram deficientes devido a algum tipo de acidente. Então quando você doa dinheiro para este tipo de campanha, todos saem ganhando.
Foto: Google Imagens

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Acendendo as chamas

Olhem só a notícia que encontrei no site da BBC Brasil:

Holandeses criam bordel especial para deficientes físicos

O bordel, que contará com cerca de 100 prostitutas, terá seis quartos com camas adaptadas, portas corrediças, elevador e entrada rebaixada para cadeiras de rodas. No bar, uma parte do balcão do bar será mais baixa do que a altura padrão.

Link completo da matéria: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/11/081103_bordel_deficientes_dg.shtml

Vale a pena ler.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Tomando as dores

Lendo o blog do Evandro Bonocchi (http://www.tocandoavidasobrerodas.blogspot.com/) e o do Jairo Marques (http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/), me deparei com dois assuntos que me deixam indignado, assim como causam a ira dos autores dos blogs também.

A forma como a deficiência física é tratada nas telenovelas

Nas telenovelas (me refiro somente às brasileiras, pois são as únicas que eu assisto), a deficiência física é tratada como castigo. Geralmente infiltrada na trama através de um personagem acidentado, o novo deficiente e sua família agem como se aquilo fosse o fim do mundo e ficam em uma angústia sem fim. E, de repente, para a felicidade geral da nação, o personagem volta a andar! Na visão da telenovela, é praticamente impossível ter uma vida normal sobre uma cadeira de rodas. Sei que é muito duro para uma pessoa que andava se tornar um deficiente de uma hora para outra. Mas é importante ressaltar que é totalmente possível uma pessoa levar uma vida sobre rodas e ela pode viver como qualquer pessoa.

Pessoas ´´normais´´ que estacionam seus carros nas vagas destinadas aos portadores de deficiência física

Esse fato já me irrita há muito tempo. Muitas pessoas pensam que as vagas reservadas ao deficientes físicos é um privilégio, mas na verdade é uma necessidade. Dentro desse assunto, vou contar um fato que aconteceu e que prejudica os deficientes que querem ir à um shopping da cidade de São José dos Campos.

No final de 2007 (se não me engano), uma famosa rede de supermercados reformou sua loja e na reinauguração tivemos uma supresa: foi aberta uma segunda entrada para o supermercado. Mas acontece que esta entrada (usada para as pessoas que querem entrar do estacionamento para o supermercado) se localiza em frente às vagas especiais. O que acontece? Para ter mais comodidade, muitas pessoas estacionam seus carros nas vagas especiais para poder entrar diretamente no supermercado. Com isso, faltam vagas para quem realmente precisa.

Muitos fatos do cotidiano indignam os deficientes, mas nós vamos levando a vida...

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Aos meus queridos leitores, o meu muito obrigado!

Quando escrevo algum texto por aqui e logo vejo comentários chegando à minha caixa de e-mail, fico muito feliz. Feliz em saber que cada post escrito por este pobre mortal faz com que vocês reflitam, se divirtam e sintam vontade de expressar a sua opinião.

Meu objetivo com a criação do Rodas Antenadas (que aconteceu em abril deste ano, se não me engano) era tratar dos assuntos que tivessem como foco a deficiência e, também, expor os meus pontos de vista sobre outros assuntos, para assim tentar mostrar que um deficiente (ainda mais um portador de paralisia cerebral, como é o meu caso) é capaz de formar suas próprias opiniões, o que - convenhamos - contraria a crença popular.

Outro objetivo que me motivou a criar este blog era a possibilidade de entrar em contato com outras pessoas do mundo da ´´Matrix´´. E felizmente isso aconteceu.

Também pensava que os posts do blog receberiam pelo menos 1 comentário (e esporadicamente)- e modesta parte- felizmente eu estava enganado.

Essa enrolação toda deste post, na verdade, serve para agradecer aos leitores que comentam neste blog. São eles:

Fábio Cassiano- meu grande amigo há 12 anos, que foi quem mais me apoiou quando decidi criar o Rodas Antenadas;

Evandro Bonocchi- um cara muito bacana que tive a oportunidade de conhecer pessoalmente, ´´trombando´´ com ele em uma peça de teatro. (Blog do Evandro: http://www.tocandoavidasobrerodas.blogspot.com/);

Jairo Marques- o blogueiro do ´´Assim como você´´, que trouxe ao público- de um jeito muito especial e descontraído- a deficiência como assunto principal, fazendo com que seus leitores enxerguem a deficiência não como um castigo, mas como uma forma de superação (Blog do Jairo: http://www.assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/)

Também gostaria de agradecer à outras pessoas que comentaram no Rodas quando ele ainda estava sob o domínio ´´zip.net´´ e também às pessoas que colaboraram (de forma direta ou indireta) para o funcionamento deste blog.

E aqueles que visitam este blog mas não deixam nenhum comentário, peço um favor: não fiquem ´´escondidinhos´´. Gostaria muito de saber quem são vocês e o que vocês pensam sobre vários assuntos.

Este é o décimo quinto post que escrevo e prometo que continuarei escrevendo para que vocês continuem comentando.

A todos o meu muito obrigado.


sábado, 27 de setembro de 2008

Só as mães são felizes

Você nunca sonhou
Ser currada por animais
Nem transou com cadáveres?
Nunca traiu teu melhor amigo
Nem quis comer a tua mãe?
(Cazuza/Frejat- Só as mães são felizes)

Esta música lançada por Cazuza em 1985 - quando já seguia carreira solo - feita em parceria com seu amigo Roberto Frejat, é uma das minhas preferidas do cantor. Talvez ela me encante por não ser de fácil entendimento, ou seja, o entendimento da mensagem passada pela música não é captada na primeira vez em que a ouvimos. Até mesmo o autor deste blog custou a entender a mensagem transmitida por ela.

Mas o fato é que, ao meu ver, o compositor diz que as mães são felizes pelo fato de não estarem expostas aos mesmos perigos que seus filhos (de levar uma vida ´´porra louca´´, usar drogas, etc) justamente pelo fato de serem mais maduras do que seus rebentos.

Além disso, com o passar do tempo, percebemos (alguns não percebem, mas isso não vem ao caso) que nossas mães são as melhores mulheres que aparecem em nossas vidas, que nos compreendem, nos aceitam e nos apoiam nas maiorias de nossas decisões. Certo que existem namoradas(os) e esposas(os) que amam muito seus maridos ou esposas, mas nada se compara ao amor materno. Muitas mães se preocupam até mesmo com o rumo que o casamento de seus filhos irá seguir.

E a conclusão deste post é a seguinte: mesmo com os diversos erros ou acertos que seus filhos cometam, a maioria das mães (não digo todas, pois sempre há exceções) direcionarão todo o seu amor à eles.

P.S.: Quero dedicar este post à minha mãe que, com a morte precoce do meu pai, foi minha mãe e meu pai ao mesmo tempo.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

E foi para o Top Five!

Conforme escrevi no último post (abaixo) - que falava sobre a ´´intromissão´´ de dois homens na transmissão ao vivo da CNN que dava ênfase à crise de um banco nos Estados Unidos - o blogueiro e apresentador Marcelo Tas cogitava o aparecimento desse vídeo no Top Five do programa Custe o Que Custar (CQC) da TV Bandeirantes, do qual ele é apresentador. E aconteceu. A ´´trágica´´ transmissão ao vivo, que contou com a ´´participação especial´´ dos dois homens que ´´namoraram´´ perante à câmera da emissora americana, ganhou a segunda posição do Top Five.

Abaixo o vídeo com o Top Five exibido ontem ao vivo no CQC:

sábado, 20 de setembro de 2008

O desafio é... fazer um link ao vivo na TV!

Fazer uma entrada (ou um link) ao vivo na televisão é algo muito difícil. Exige muita concentração e boa memória do repórter, que não pode ler o texto enquanto sua imagem aparece em tempo real em muitos televisores.

Mas nada disso adianta se não houver colaboração das pessoas que atuarão como ´´figurantes´´ na transmissão ao vivo. E isso não é uma coisa que possa ser exigida pela equipe de TV e também não é algo que se consiga com tanta facilidade.

Certamente a equipe da emissora norte-americana CNN não teve nenhuma colaboração de pelo menos dois homens que estavam atrás do repórter durante a transmissão que falava sobre a crise de um banco nos Estados Unidos.

Descobri este vídeo através do Blog do Tas (http://marcelotas.blog.uol.com.br/), que não descarta a ´´ida´´ dessa transmissão ao vivo para o Top Five do CQC.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Superação Rio 2008


No próximo dia 21 de setembro, na orla de Copabacana, no Rio de Janeiro, acontece uma passeata que pretende reunir deficientes e também pessoas que se identificam com essa causa. Trata-se do Superação Rio 2008.

Esta informação chegou à mim através do blog do jornalista Jairo Marques, o ´´Assim Como Você´´,que pediu para os leitores divulgarem o evento.

Para quem quiser saber mais informações sobre o Superação Rio 2008, é só acessar o blog do Jairo (http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/).

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Paraolimpíadas 2008

Neste post, vou publicar o texto escrito pelo meu amigo e jornalista Luis Daniel, que fala, entre outras coisas, do pouco espaço que os jogos paraolímpicos têm na TV aberta. Esse texto foi publicado ontem no blog dele, o Reflexão Sobre Rodas (http://www.reflexaosobrerodas.blogspot.com/).

Paraolimpíadas X Olimpíadas

Por Luis Daniel

Você sabe quantas medalhas o Brasil já conquistou nas Paraolimpíadas de Pequim? Não? Foram 16, sendo oito somente de ouro, mais quatro de prata e o mesmo número de bronze. E vem mais medalha por aí, com a natação, atletismo e outros.

Como era de se esperar, por mim, um desempenho muito superior ao desempenho da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos no mês passado.

Não há nenhum canal de TV aberta transmitindo o evento, onde um vice-campeão olímpico de uma das competições da natação não tem os dois braços.

O ufanismo dos jogos de agosto é muito grande, devido ao alto investimento que a mídia, no caso deste ano, Bandeirantes e Globo, faz para trazer as imagens para cá. O investimento publicitário, por causa disso também é enorme.

Mas para que gastar milhões de reais em um e evento que dá ao Brasil apenas três medalhas douradas? Tenho muitas restrições, mas muitas mesmo, ao Galvão Bueno, mas ele, em um de seus ataques histéricos, disse que falta um projeto olímpico para o Brasil, e ele está certo. Para um dia o nosso país ser uma potência precisa-se de uma infra-estrutura que está longe de haver por aqui.

Torço muito, para que um dia, e este é o papel deste blog também, o esporte paraolímpico brasileira tenha o mesmo espaço na mídia.


OBS: O Brasil já conquistou mais medalhas nas Paraolimpíadas.

domingo, 7 de setembro de 2008

Paraolimpíadas 2008

Pessoal, para quem quiser saber informações sobre os jogos paraolímpicos, pode acessar o blog do Paulo Vitor no site LANCENET!.

Link:

http://www.lancenet.com.br/blogs_colunistas/paulovitor/default.asp

sábado, 6 de setembro de 2008

Descoberta nova doença

Cientistas descobriram uma nova doença bem característica dos tempos modernos. Trata-se da falta de idéias. Ela pode atingir várias pessoas, mas geralmente costumam vitimar os proprietários de blogs espalhados pela Internet.

Muitos são os fatores que podem desencadear tal moléstia, entre eles, a preguiça, que se torna mais intensa quando a pessoa se encontra parada, sentada em frente ao computador, em pleno sábado, esperando que alguma idéia venha à sua mente. O que causa isso? Bem, os cientistas ainda não sabem, mas suspeitam que a correria do dia-a-dia, que provoca a falta de tempo, faz com que as pessoas tenham cada vez menos tempo de acompanhar os acontecimentos que ocorrem ao seu redor.

Para comprovar a existência desta doença, estes mesmos cientistas reuniram um grupo de dez voluntários e aplicaram à eles um teste, onde cada ´´cobaia´´ deveria ter uma idéia em menos de dez minutos. Entre os voluntários, estava o estudante Rodrigo Almeida, que foi o último a ser avaliado. Após ficar em frente ao computador por mais de meia hora, nenhuma idéia veio à sua mente. Ficou então comprovada a existência da doença da falta de idéias.

Médicos e cientistas do mundo inteiro devem se reunir na próxima semana para discutir sobre a nova descoberta do mundo científico.

sábado, 30 de agosto de 2008

Um pouquinho de musculação resolve...

Na minha vida, sempre ouvi muitos conselhos de como me virar em determinadas situações. Como não consigo fazer algumas coisas da mesma forma que as pessoas ´´normais´´(tenho dificuldades para me transfererir da cadeiras de rodas para a cama, por exemplo), muitas pessoas já deram o seu pitaco. ´´Pede pra sua mãe largar você no chão e deixar você rastejando no chão porque assim você fortalece os seus braços.´´ ou ´´Faz musculação porque assim você fica mais forte´´, são alguns dos conselhos que eu já ouvi na minha vida.

Claro que muitas pessoas deram o seu pitaco visando unicamente o meu bem-estar. Mas existem casos e casos. Eu, por exemplo, não posso fazer musculação e várias outras atividades físicas porque, como nasci prematuro, no sexto mês de gestação (aí está a causa da minha deficiência física), tenho espasticidade muscular, o que me impede de fazer muita força.

Mas, em compensação, pesssoas com outros tipos de deficiência podem realizar vários tipos de atividades físicas que outros não podem. Uma pessoa que se tornou paraplégica devido a um acidente pode praticar mais atividades físicas do que as pessoas que se enquadram no meu caso.

Confesso que não posso praticar algumas atividades que gostaria por causa disso. Mas durante muitos anos pratiquei uma atividade da qual gosto muito: natação. Não sou nenhum Clodoaldo Silva, claro. Porém, praticar natação fez muito bem para o meu corpo e também era altamente relaxante. Infelizmente a correria do dia-a-dia fez com que eu abandonasse o nado, mas espero retornar à esta atividade em breve.

Gostaria de deixar claro que tenho plenas condições de levar uma vida normal, fazendo as coisas que sempre quis fazer, como por exemplo, cursar a faculdade de jornalismo. Quero ainda praticar outros tipos de atividades físicas que sejam possíveis de serem realizadas por um deficiente, para assim manter aceso um dos objetivos da minha vida: viver uma vida como qualquer pessoa.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Paraolimpíadas 2008

Os Jogos Paraolímpicos de Pequim terão início no dia 6 de setembro em cerimônia de abertura que será realizada no estádio Ninho de Passáro, o mesmo que foi utilizado como palco da cerimônia que deu início às Olímpiadas 2008, no dia 8 de agosto.

De acordo com o site Quadro de Medalhas (www.quadrodemedalhas.com/olimpiadas/jogos-olimpicos-pequim-2008/paraolimpiada-pequim-2008.htm), as modalidades que serão disputadas são:

• Arco e Flecha• Atletismo• Basquete em cadeira de rodas• Boccia• Ciclismo• Equitação• Esgrima em cadeira de rodas• Futebol de 5• Futebol de 7• Goalball• Judô• Halterofilismo• Natação• Remo• Rúgbi (Rugby) em cadeira de rodas• Tênis em cadeira de rodas• Tênis de mesa• Tiro• Vela• Vôlei

O Comitê Brasileiro Paraolímpico (CBP) divulgou em site (http://www.cpb.org.br/) a lista de atletas que irão disputar as Paraolímpiadas, entre elas, o nadador Clodoaldo Silva, que conquistou 6 medalhas de ouro nas Paraolimpíadas de Atenas em 2004. A delegação brasileira ainda conta com alguns profissionais, como fisioterapeutas e enfermeiros.

O Rodas Antenadas trará, se possível, todas as informações sobre os Jogos Paraolímpicos. Fiquem ligados.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

TV Senado

Ontem li no blog do ator Bruno Mazzeo (www.bloglog.com.br/brunomazzeo) um post chamado ´´TV Senado e você: nada a ver´´, que fala sobre a emissora estatal. O ator faz uma sátira inteligente com a programação da emissora, adaptando-a à nossa situação política atual. Programas femininos, infantis, telenovelas e muitos outros estão presentes na ´´grade de programação´´, que também conta com um elenco composto por políticos que vem atraindo a atenção da mídia há algum tempo.

É óbvio que Bruno Mazzeo escreveu este post em tom de brincadeira, utilizando-se de muito cinismo. Mas uma frase me chamou a atenção: ´´em tempos de luta acirrada por pontos no Ibope, por que a TV Senado não reage e substitui aqueles enfadonhos discursos por uma programação de nível, tentando fazer frente às grandes emissoras do país?´´ Concordo. Raramente assisto à TV Senado, principalmente no período da tarde, quando longos discursos de senadores tomam conta da programação. Na minha opinião, a emissora serve mais como um ´´refúgio´´ para as pessoas que não suportam a programação direcionada ao povão, principalmente nos finais de semana. A linguagem adotada pelo canal é muito elitizada, com programas de debates que não são de interesse da massa.

A TV Senado poderia ter uma programação mais popular. Não estou dizendo que ela deve exibir programas popularescos que mostram bundas, casos da ´´vida real´´ e exames de DNA. Ela poderia ter uma grade educacional voltada para as crianças no período da tarde, por exemplo. Poderia, também, dar mais espaço ao chamado ´´serviço de utilidade pública´´, que serviria para dar informações úteis à população e prestar contas sobre a utilização de todo o dinheiro arrecadado pela instituição, usando uma linguagem simples e direta, coisa que não é muito comum na emissora. E uma característica essencial que o canal deve ter: atingir à grande parte da população brasileira. Dou ênfase à isto pois aqui na minha casa só é possível assistir à TV Senado através da TV à cabo.

É inegável que a emissora estatal tem importância na sociedade, pois ela serve como fonte de informação para os meios de comunicação e, além disso, exibe documentários muito interessantes e dá espaço à cultura nacional. Mas mudar é importante. Tudo o que foi citado neste post já acontece há muito tempo. Mudando, quem sabe a TV Senado não ajude à educar as nossas crianças e à informar a nossa população?

terça-feira, 22 de julho de 2008

Eleições 2008- importante

A AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) está divulgando em seu site listas com nomes de candidatos que estão respondendo à processos (judiciais, etc), ou seja, que estão com a ´´ficha suja´´.

O site da AMB é: http://www.amb.com.br/

OBS: No momento em que este post está sendo escrito, não foi posível acessar o site devido ao grande número de acessos que estão ocorrendo neste momento.

Se você não conseguir acessar o site da AMB, leia esta matéria que está disponível no portal UOL, que já traz um pequeno ´´aperitivo´´ sobre o que o eleitor pode encontrar neste site. Para ler a matéria, basta clicar no link abaixo:

http://eleicoes.uol.com.br/2008/ultnot/2008/07/22/ult6120u28.jhtm

Vale a pena conferir.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Lançamentos no Rock Nacional

No mês de julho, pelo menos três lançamentos me deixaram animado, pois se tratam de grandes bandas do Rock Nacional, mais especificamente do chamado ´´Rock Brasil 80´´, o meu gênero musical preferido.

O primeiro lançamento a ser destacado é o box do RPM, que contém 4 CD´s (sendo 3 CD´s lançados oficialmente pela banda e mais um que contém músicas inéditas ou já conhecidas executadas em outras versões, como em versão remix, por exemplo) e um DVD, que contém o histórico show da turnê ´´Rádio Pirata´´ e o programa Globo Repórter, que realizou um documentário falando sobre o cotidiano da banda que, na época, estava no auge. Ambos foram produzidos em 1986.

O segundo lançamento é o CD e DVD ´´Paralamas e Titãs- Ao Vivo´´. Este é um registro de um show, onde as duas bandas dividem o mesmo palco, tocando juntas seus maiores clássicos. O projeto é a concretização desde encontro, que vinha acontecendo há algum tempo. Há no Youtube um vídeo com um encontro entre as duas bandas, realizado no extinto festival ´´Hollywood Rock´´, em 1992.
P.S.: Os paralamas estão prestes a lançar um CD só com músicas inéditas e os Titãs vão lançar em outubro um filme que contém várias filmagens de shows realizadas pelo integrante Branco Mello com sua câmera, que contém bastidores de shows, gravações de discos e etc.

E, para finalizar, o terceiro é o CD e DVD ´´Multishow ao vivo- Capital Inicial´´, gravado ao vivo (como o próprio nome já diz) em Brasília, cidade que originou a banda Aborto Elétrico, que mais tarde iria se dividir e então dar origem à duas bandas: Legião Urbana e Capital Inicial. O show é bem legal e o Capital, além de tocar seus maiores sucessos, também toca músicas de outros artistas, como por exemplo ´´Mulher de Fases´´, lançada pelos Raimundos em 1999. Também outra característica chama a atenção: o grandioso número de pessoas que assistiram à apresentação. Este é, talvez, o maior público para o qual o Capital já se apresentou. Em certos momentos do show, quase não conseguimos ouvir a voz do vocalista Dinho Ouro Preto, pois as vozes do cantor e do público se misturam. Além disso, há a algumas invasões de palco durante o show.

São três lançamentos que vale a pena conferir.

Por hoje é só.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Tranca e solta, tranca e solta...

Eu não tinha a intenção de falar sobre o caso Daniel Dantas, mas assistindo ao Top Five do CQC, onde foi exibido o famoso trecho do quadro ´´Lata Velha´´ do programa Caldeirão do Huck que mostrava homens ensaiando a dança do ´´tranca e solta´´ para conquistar o carro reformado do participante, me veio a idéia de escrever este post.

Esta dança tem tudo a ver com o caso que vem atraindo a atenção da imprensa há alguns dias. Dantas, que é acusado por prática de corrupção, foi preso e logo depois solto por determinação do minstro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. No mesmo dia em que foi solto, o banqueiro foi preso novamente e, pouquíssimo tempo depois, foi solto outra vez, novamente por decisão do ministro Gilmar Mendes. Além disso, outras pessoas envolvidas neste caso também foram soltas, entre elas o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta.

Como estudante de jornalismo, sou contra a política do ´´ataque´´ e, também, procuro respeitar o princípio da imparcialidade. Mas vou confessar à vocês que, em relação ao Ministro Gilmar Mendes, alguns fatos me intrigam: além de soltar Dantas e companhia com muita rapidez e eficiência, há algum tempo Mendes disse em entrevistas que é contra a nova lei que quer proibir a candidatura de candidatos que possuem a ´´ficha suja´´, ou seja, que estão respondendo à processos e etc.

Em tempo: nesta quarta-feira, o site Folha Online publicou uma matéria escrita pela colunista Mônica Bergamo, trazendo a informação de que o juiz aceitou a denúncia contra o banqueiro Daniel Dantas por tentativa de suborno. Para ler a matéria completa, clique no link:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u423055.shtml



sábado, 12 de julho de 2008

Casa nova

A partir desta data (12/07/08), o Rodas Antenadas está de endereço novo. O antigo blog (aquele do zip.net) será excluído dentro de alguns dias.

Como hoje estou sem tempo para postar, estou colocando aqui o último post do blog, quando o endereço dele ainda era http://www.rodasantenadas.zip.net/. Abraços

(Eleições 2008)

Neste post, vou falar sobre uma coisa que sempre acontece comigo (e provalvemente com vários
deficientes) na época das eleições.

Uma vez, na véspera das eleições de 2006, eu estava passando pela porta de saída do colégio onde estudava e um candidato estava entregando os famosos santinhos para os alunos que estavam passando pela porta. Quando eu estava passando por esta porta, o candidato não me deu um santinho. Permaneceu parado com cara de dó. Não sei o porquê deste ato. E o mais interessante é que eu já tinha o meu título de eleitor nesta época e votei nas eleições de 2006 como qualquer um, mesmo tendo 17 anos de idade.

E também já passei por situações bem parecidas que são relacionadas à este assunto. Houve também uma vez em que estava em um evento e, de repente, apareceu um candidato à vereador para fazer a propaganda ´´boca-a-boca´´ de sua campanha. Pelo que eu me lembre, estava junto a umas 5 pessoas. Todas receberam um santinho. Eu não. O único que estava em uma cadeira de rodas ali é justamente quem está vos escrevendo neste momento. Muitas vezes, também, quando passava pela porta deste colégio, onde eventualmente eram realizadas propaganda de shows e ´´baladas´´, muitas vezes também não recebia um panfletinho sequer.

Para ser sincero, eu não entendo o porquê deste comportamento com os deficientes. Os políticos e promotores de evento não poderiam se esquecer que existem milhares de deficientes que votam e que também (acreditem se quiser) vão às ´´baladas´´ que ocorrem por todo o Brasil. Deficiente come, bebe, fala, lê, escreve e - vejam só vocês- faz sexo! (porque não?). É claro que existem exceções. Alguns deficientes infelizmente não podem usufruir de muitas coisas boas que a vida ou a mãe-natureza oferecem, por uma série de motivos, que podem variar desde um sério acidente até problemas que um recém-nascido pode ter na hora de seu parto. Mas, por favor, não vamos generalizar.

As campanhas para as eleições 2008 estão perto de se iniciar. Eu ficarei de olho para ver como os candidatos irão se portar com os deficientes. Se algum ´´caso excepicional´´ acontecer, virei ´´correndo´´ até à este blog para contar tudo à vocês.

Eu vou ficar de olho.